13/10/2020 Exportações do polo moveleiro caem 7,3% de janeiro a setembro
19/10/2020 Eleições 2020: Sindmóveis aponta demandas do setor moveleiro

Imprensa / Notícias

14/10/2020

Móveis foi o segmento que mais cresceu no varejo brasileiro em agosto

Nas vendas do varejo no mês de agosto, o segmento de móveis foi o que mais cresceu quando comparado ao mesmo mês do ano passado. Há bons sinais de retomada, conforme mostram os dados recentemente divulgados pelo IBGE.

Na variação mensal, ou seja, a comparação de agosto de 2020 com o mesmo mês do ano passado, o varejo de móveis no Brasil teve um crescimento de 39,9%. No RS, o aumento foi de 26,3%. Quando avaliado o acumulado do ano, ou seja, o período de janeiro a agosto desse ano comparativamente a igual período do ano passado, no Brasil, o varejo de móveis cresceu 5,7% e no RS caiu 5,9%.

Em relação ao faturamento de agosto, a apuração feita pelo setor de Inteligência Comercial do Sindmóveis Bento Gonçalves mostra que o polo moveleiro local segue reagindo e em recuperação. No acumulado de janeiro a agosto de 2020, o polo moveleiro de Bento Gonçalves faturou R$ 1,31 bilhão – crescimento nominal de 2,6% em relação ao mesmo período de 2019. Já no RS como um todo, o faturamento foi de RS: R$ 4,67 bilhões, queda nominal de 2,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

O setor ainda enfrenta dificuldades devido ao aumento muito significativo dos custos e atrasos no abastecimento de insumos – em alguns casos até mesmo a falta de algumas matérias-primas, como chapas. Cabe destacar ainda as muitas incertezas no ambiente econômico derivadas da pandemia e seus efeitos, que ainda serão sentidos no decorrer do último trimestre do ano.  

O polo moveleiro de Bento Gonçalves é o principal do país e inclui cerca de 300 empresas nos municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza.